Transformação digital e a Era do supply chain 4.0: como sua área de compras pode evoluir?

Homem e mulher olhando informações no computador sobre a transformação digital do supply chain 4.0

Transformação digital é a chave para tornar a cadeia da sua empresa ainda mais ágil e assertiva.

Quando pensamos na cadeia de suprimentos, é fácil pensar que envolve diversos processos dentro do ciclo de produção de um produto, indo desde a pesquisa e desenvolvimento até seu armazenamento e distribuição para o consumidor final. Ao longo dos anos, no entanto, toda essa logística e controle de etapas vem ganhando ferramentas que aprimoram e otimizam o seu funcionamento por meio da transformação digital

 

O que é o supply chain 4.0?

Com diferentes inovações e a integração facilitada de todas as áreas da cadeia de suprimentos, chegamos ao que hoje chamamos de supply chain 4.0. Derivado da ideia de indústria 4.0, esse ciclo de produção e área de compras usa a tecnologia de maneira imersiva e valoriza a eficácia e benefícios que essas inovações trazem.  

 

A Quarta Revolução surgiu para mudar a forma como as pessoas e empresas interagem, automatizando processos inteiros e incorporando a tecnologia no cotidiano de todas as maneiras possíveis. Assim, a gestão de compras e suprimentos ganha novos aliados com tecnologias como:

  • Automação de Processos
  • Cloud Computing (Computação em Nuvem)
  • IoT (Internet das Coisas)
  • Machine Learning (Aprendizado de Máquina)
  • I.A. (Inteligência Artificial)
  • Big Data

 

Como essas ferramentas podem ajudar?

Dentro do contexto de economia globalizada e informações rápidas sendo transmitidas pelo mundo todo, essas ferramentas têm ajudado muitas empresas a se manterem competitivas e entrarem no supply chain 4.0 com chances verdadeiras de otimizar seus fluxos de produção. 

 

Um grande exemplo disso é o uso de plataformas de gestão de compras de e-Procurement, que automatizam diversas etapas do processo de aquisição de forma a ganhar compliance, segurança, transparência e agilidade. Afinal, ao invés de trocar diversos e-mails para negociar com um fornecedor e comparar opções colocando manualmente em uma planilha, um sistema como a Nimbi consegue compilar todas essas informações, fazer mapas comparativos automaticamente e disparar avisos de atualização do processo para empresa e fornecedor, intermediando e otimizando essa relação para participarem da transformação digital.

 

Sem contar que um módulo de analytics pode ser valioso quanto a análise do big data gerado por essas transações, trazendo relatórios de spend, cost avoidance e SLA, parametrizando tudo para que suas equipes sejam ainda mais produtivas e a empresa compreenda pontos de melhora e investimento. 

 

Em plataformas como essa, é possível ver essa união de tecnologias que permitem que essa gestão de compras aumenta sua capacidade analítica, maximizando o potencial dessas análises e tomadas de decisão seja por meio de inteligência artificial, sistemas de otimização, automação ou big data que identifiquem problemas, evitem erros, regularizem operações e construam um supply chain 4.0 único e sustentável. 

 

Quer conhecer ainda mais o que softwares de gestão de compras e suprimentos podem fazer por você? Leia nossos outros artigos, experimente Nimbi e agregue valor para sua empresa. Acesse também nossas redes sociais: FacebookInstagramLinkdIN e Youtube.

Compartilhar: 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin