Strategic Sourcing: está na hora de saber o que é e como ajuda sua área de compras.

Foto de dois empresários utilizando a metodologia Strategic Sourcing.

Strategic sourcing é uma metodologia de aquisições que vai incentivar sua empresa a otimizar processos.

 

Como o nome diz em inglês, strategic sourcing é um método de “compra estratégica” que permite que a escolha de fornecedores seja feita da maneira mais pragmática e eficiente possível, enxergando com profundidade todos as consequências da escolha do parceiro em quesitos como custo, compliance, qualidade e segurança.

 

À medida que o strategic sourcing é implementado na empresa, a área de compras passa a ter ganhos significativos na redução de custos e, especialmente, na melhoria de qualidade do produto ou serviço entregue para o cliente final. Além disso, é possível construir relações de verdadeira parceria com o fornecedor escolhido, elevando o nível do seu supply chain.

 

Como é possível colocar o strategic sourcing em prática?

Pode-se dizer que a metodologia do strategic soucing passa por algumas etapas, mas tem seu processo ainda mais agilizado se associado a uma plataforma de gestão de compras ao seu lado.

 

Etapa 1: Levantamento de dados

Antes de mais nada, é preciso construir a base do projeto com o escopo da contratação, valor praticado, impostos envolvidos e SLA (Service Level Agreements, ou acordo de nível de serviço) combinado. Com a ajuda de um software de gestão de compras, desde a primeira etapa, índices como o SLA do atendimento podem ter redução de até 60%, devido à praticidade e padronização do processo. 

 

Etapa 2: Análise de mercado

É importante entender o mercado com ferramentas como análise SWOT para identificar potenciais fornecedores e sua capacidade de atender à demanda e, assim, fazer a homologação correta. Em sistemas de gestão de compras como a Nimbi, as empresas têm a possibilidade de colocar suas diretrizes e a plataforma homologar fornecedores, filtrando-os e garantindo compliance de melhores práticas.

 

Etapa 3: Elaboração do material de concorrência

Para ter uma padronização no processo, é crucial ter formulários iguais de SLAs, escopo e planilhas de cotação que serão enviados a todos os candidatos. Em uma plataforma de gestão de compras, por exemplo, essa etapa seria agilizada pela facilidade de criar documentos padrão que podem ser enviados automaticamente. 

 

Etapa 4: Cotação e análise

Durante o processo de cotação, é comum que exista um workshop com visitas técnicas envolvendo todos os fornecedores que estão sendo avaliados para tirar dúvidas e refinar informações. As propostas, assim, se dividem em técnicas e comerciais para que o setor requisitante e o de compras avaliem todas as condições e custos.

 

Etapa 5: Negociação

Nessa parte do processo de strategic sourcing, as análises dão lugar a uma negociação efetiva que visa equalizar os valores informados e entender como o fornecedor pode, de fato, se tornar um parceiro. Em uma plataforma de gestão de compras, muitas vezes, esse trabalho já foi feito pelo sistema. Na Nimbi, por exemplo, a solução de marketplace B2B tem cerca de 400 mil itens pré-negociados em preço e condições. 

 

Etapa 6: Elaboração de contrato

Sempre detalhado e transparente, um bom contrato precisa ser escrito e enviado de maneira que garanta segurança e confiabilidade para os dois lados. Em um sistema de gestão de compras, os contratos são padronizados e ainda passam por um controle de vigência e orçamento para assegurar que não existam imprevistos.

 

Como pode ver, o strategic sourcing é uma forma estruturada de assegurar que a empresa tenha fornecedores que realmente estão ao seu lado para o que der e vier. E, com a ajuda de uma plataforma de gestão de compras, é ainda mais fácil e possível de implementar no cotidiano de uma empresa.

 

Quer conhecer ainda mais a Nimbi? Leia nosso blog e acompanhe as redes sociais.

Compartilhar: 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin