Gestão de compras moderna: entenda como o cloud computing traz benefícios para as empresas.

Foto de dois empresários conversando sobre a gestão de compras da empresa

Gestão de compras B2B pode ter potencial de escalabilidade e produtividade ainda maior com o uso da nuvem.

Com o aumento da adesão ao home-office e as mudanças digitais dos últimos anos, o cloud computing (ou computação em nuvem) está tendo um crescimento constante desde 2020. Segundo a Gartner, 2023 manterá essa tendência com um aumento de 20% do uso da tecnologia em relação a 2022, o que deixa claro que esse tipo de software tem se tornado indispensável para qualquer setor, seja na área de marketing, logística ou gestão de compras.

 

É um caminho que não tem mais volta. Na verdade, está previsto que, em 2025, empresas vão investir mais no uso da nuvem do que em soluções tradicionais de TI.

 

A adoção da nuvem para armazenamento de dados, construção de sistemas e integração de setores não só impacta na competitividade das empresas em um mercado que exige tanta rapidez e qualidade, como também contribui para frear o aquecimento global. Segundo a Internacional Data Corporation (IDC), a otimização de infraestruturas de TI deve reduzir 1 bilhão de toneladas de CO2 até 2024. 

 

Existem muitos benefícios em usar o cloud computing na sua gestão de compras, mas antes de mais nada é importante entender dois conceitos dessa tecnologia: o SaaS e PaaS.

 

O que é SaaS?

SaaS significa Software as Service (software como serviço, em tradução livre), que seria o uso da nuvem para entregar serviços com acesso de qualquer lugar ou dispositivo. Um excelente exemplo disso é o e-mail, com o qual você consegue acessar o mesmo conteúdo por celular, computador ou tablet. 

 

Outro exemplo desse modelo é a Nimbi, em que empresas podem usar o portal de compras para automatizar partes do seu processo e ter acesso a catálogos de itens pré-negociados em uma plataforma 100% em nuvem. Como não existe a necessidade de uma instalação física, os custos com programas, manutenções e atualizações diminuem. 

 

O que é PaaS?

A sigla significa Plataform as Service (plataforma como serviço, em tradução livre). Quem usa esse modelo pode desenvolver, testar, implantar e gerir aplicativos em um ambiente digital sem se preocupar com a infraestrutura, impulsionando um trabalho colaborativo, ao contrário do on-premise, que o cliente faz todo o armazenamento local com servidores e estrutura na própria empresa, comprando licenças de software como o SAP.

 

Se pegarmos o exemplo da Nimbi, pode-se dizer que seus funcionários usariam o PaaS para construir o portal de compras enquanto estão em home-office, já que adotamos o modelo híbrido de trabalho.

 

Quais são as vantagens de usar o cloud computing?

A nuvem traz muitos benefícios para qualquer negócio, mas, quando falamos da gestão de compras B2B, é possível ver como ela cria ambientes colaborativos onde colegas de empresa e parceiros de negócio/fornecedores podem trabalhar simultaneamente dentro de um mesmo projeto, e viabilizar o strategic sourcing da empresa. 

 

Escalabilidade

Toda empresa precisa ter uma forma de crescer sem perder a qualidade, certo? Com a adoção da nuvem na gestão de compras, os recursos são facilmente adaptáveis a qualquer demanda que a empresa tenha, adequando-se ao momento que ela estiver vivendo e, assim, ajudando-a a ganhar escala quando necessário. 

 

Um bom exemplo de uma tecnologia que ajuda com isso é o e-Procurement da Nimbi. Dividida em módulos flexíveis, essa solução permite que a empresa escolha em qual parte do processo de strategic sourcing deseja focar e, assim, construir seu plano com o que se encaixa na sua realidade. Se a empresa precisar de uma ferramenta para homologar fornecedores, pode contratar o módulo Certifica. No entanto, se também necessitar pedir cotações, pode adquirir o pacote Certifica + Negocia. 

 

Ou seja, o gestor contrata os módulos conforme o negócio evolui e o processo de compras necessita de mais robustez, o que faz o e-Procurement ser útil e flexível para empresas de todos os portes e setores.

 

Visibilidade

Com dados atualizados em tempo real, o cloud computing permite análises mais transparentes e de acesso geral de qualquer uma dessas informações. Muitas plataformas de compras como a Nimbi dão acesso a módulos de analytics e relatórios com filtros específicos para ajudar nesse processo. Além dessa visibilidade ajudar no compliance de melhores práticas, o gerenciamento de riscos também se torna mais fácil.

 

Automatização

Plataformas de automação de compras como o e-Procurement da Nimbi tendem a usar a nuvem como uma forma de facilitar o uso dessa solução. Com processos automatizados, suas equipes conseguem deixar tarefas manuais cansativas de lado para trabalhar de maneira mais inteligente e eficiente, focando na análise e planejamento de dados que vão ser fundamentais para o futuro do seu negócio. 

 

Retorno sobre Investimento

Além de ajudar no aumento de produtividade das empresas, o cloud computing também ajuda a evitar perdas financeiras na gestão de compras B2B. Isso porque, ao usar o SaaS ou PaaS, a agilidade de resposta impacta diretamente na economia das empresas e seu retorno sobre o investimento é cada vez mais positivo. Afinal, já não é necessário investir em infraestruturas caras ou licenças de acesso por usuário para ter maior valor agregado.

 

Como pode perceber, a nuvem é muito mais do que um simples lugar digital e “imaginário”. Ela permite que empresas realmente invistam em produtividade e garantam rapidez para se manterem competitivas no mercado atual. O impacto desses benefícios no mercado fica claro quando pensamos em todos os dados de crescimento desse modelo.

 

Quer conhecer mais soluções como essa? Continue lendo o blog e acompanhe nossas redes sociais.

Compartilhar: 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin