Gestão de compras: Entenda como a inteligência emocional ajuda o profissional da área

Foto de uma mulher no ambiente corporativo destacando a importância da inteligência emocional no setor de compras.

Gestão de compras com automação e tecnologia tem exigido que equipes desenvolvam novas habilidades.

Com a automação e a tecnologia se desenvolvendo amplamente, o setor de compras moderno tem ganhado em produtividade e agilidade. Os processos estão se tornando cada vez mais práticos, possibilitando que a gestão de compras melhore a qualidade de vida de suas equipes e permita a construção de novas habilidades para lidar com essa realidade inovadora. 

 

Afinal, a tecnologia não precisa ser inimiga dos colaboradores. Muito pelo contrário, ela pode ser o contraponto perfeito para ajudá-los a sair do caráter mais mecânico da profissão e participar do plano tático com um novo olhar.

 

Para poder usufruir de todas as vantagens de ter a tecnologia ao seu lado, o “novo” comprador precisa entender do que o mercado precisa, aprender a importância das soft skills e desenvolver habilidades que serão complementares a essa nova forma de fazer compras.

 

O que são soft skills?

Soft skills são habilidades relacionadas ao comportamento humano que vão além do conhecimento técnico de determinada área, as hards skills. Elas se referem a competências comportamentais como resiliência, liderança, comunicação e criatividade, entre outras, que contribuem para uma inteligência emocional.

 

Com as novas ferramentas e softwares de gestão de compras que automatizam processos, esse tipo de habilidade se tornou essencial para ajudar esses profissionais a acabarem com maus hábitos, se adaptarem às mudanças e deixarem essas inovações fazerem a parte manual e repetitiva, enquanto focam no futuro e estratégia do negócio para construir relações com fornecedores e analisar dados.

 

Afinal, em um mercado em constante transformação, saber aprender e ter habilidades duradouras torna o profissional muito mais versátil do que saber uma técnica específica de uso de alguma ferramenta que pode sumir daqui a alguns anos. 

 

O que o novo profissional precisa saber?

Com esse novo cenário em mente, equipes precisam se equilibrar entre habilidades técnicas e comportamentais para, juntas, se tornarem eficientes para usar a tecnologia a seu favor e ainda investir em cursos e ferramentas necessárias para se inserir no mundo competitivo de hoje. 

 

Para isso, é importante que o “novo” comprador tenha 4 requisitos:

Percepção de toda a cadeia

Com o alinhamento com clientes, fornecedores e demais áreas da empresa, vem também a necessidade de uma visão holística, que abranja todos os envolvidos no processo de aquisição de produtos e serviços.

 

Capacidade analítica

Embora inovações como Big Data e e-Procurement já facilitem o trabalho, o comprador precisa saber tratar dados, analisá-los e quais ações tomar a partir desse ponto.

 

Aprendizado constante

Tanto no quesito técnico quanto em aprimoramento de habilidades de gestão, organização e liderança, é preciso ter capacidade de adaptação.

 

Flexibilidade

Mais que estar atento às mudanças, é preciso ser maleável às circunstâncias para reagir a elas.

 

Para desenvolver essa inteligência emocional, é importante ter consciência dos próprios sentimentos, dominá-los de maneira assertiva e entender como o outro se comporta para, assim, desenvolver cada vez mais essas habilidades tão importantes hoje em dia. 

 

Afinal, ainda em 2014, de acordo com um estudo da Carrer Builder, 77% dos gestores já consideravam as soft skills tão importantes quanto as hard skills. Desde então, especialmente depois da pandemia da Covid-19, elas têm ganhado cada vez mais força nas empresas.

 

Como unir essa inteligência emocional com as novas ferramentas?

Desenvolver essas habilidades requer prática e versatilidade, por isso é importante ter parceiros que ajudem esses profissionais na gestão de compras como precisam. Na Nimbi, existe um atendimento humanizado e personalizado que garante que os colaboradores de supply chain das empresas sejam ouvidos e consigam abordar suas necessidades de maneira produtiva.

Quer conhecer soluções da Nimbi como um marketplace B2B? Leia outros artigos ou acompanhe nossas redes sociais

Compartilhar: 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin