Marketplace: 4 sinais que sua área de compras já devia ter adotado essa solução

marketplace área de compras

Adotar um marketplace é uma ótima opção para quem quer tornar a área de compras um centro estratégico. Afinal, simplificando grande parte do trabalho operacional, os compradores têm mais tempo para analisar métricas e se dedicarem a questões que, realmente, farão a diferença no desempenho do setor.

Talvez você ainda pense que essas tecnologias de e-procurement estão restritas somente aos grandes players. Acontece que esse é apenas mais um dos mitos que podem atrapalhar a sua gestão de compras! Porém, mais importante que entender o papel de um marketplace é saber reconhecer os sinais de que esse deve ser o próximo passo para a sua área de compras. E é sobre eles que falaremos mais neste artigo. Continue a leitura e veja se a sua equipe já precisa dessa solução.

4 indícios de que é hora de implementar um marketplace na sua área de compras

1. Mais de ⅓ dos compradores cuidam de aquisição de materiais indiretos.

Embora sejam extremamente necessários para qualquer empresa, os indiretos não fazem parte do core business. Sendo assim, deveriam ser demandas rápidas, fáceis de resolver. Entretanto sabemos que, na prática, esses itens acabam disputando a atenção com matérias-primas, serviços e outros materiais que têm relação direta com o produto final.

Um dos principais benefícios de um marketplace corporativo é eliminar muito do trabalho operacional que envolve a aquisição de indiretos. Isso porque, na plataforma, os profissionais encontrarão catálogos personalizados, com itens pré-negociados e fornecedores que já passaram por avaliação prévia. Assim, a compra ocorre com a mesma facilidade que em um marketplace B2C.

2. O follow up dos Pedidos Fica a Cargo do Time de Compras

Acompanhar o status de entrega de cada pedido emitido é um trabalho muito manual e que por muitas vezes parece um “telefone sem fio”. Isso porque quem entrega é o fornecedor e quem recebe o material é o solicitante, mas quem fica responsável por acompanhar o status é o comprador. Por conta disso, há muita ineficiência no processo, além de não ser incomum o follow up de pedidos já entregues em que só estava faltando alguma confirmação interna.

Ao adotar o Marketplace B2B Nimbi Private, o status dos pedidos fica público e a atualização é colaborativa entre quem pede e quem vende de forma que comunicação fica direta entre as partes, sem o gargalo do comprador no meio do processo.

3. Dificuldade em oxigenar a base de fornecedores

Não é raro encontrar compradores que, baseados na confiança e no tempo de parceria, mantêm fornecedores na base sem todas as comprovações necessárias. Se isso ainda acontece na sua empresa, fique atento, pois não realizar a homologação expõe seu negócio a vários riscos. Um dos principais é que, com questões como o compliance em compras cada vez mais em pauta, essa atitude pode prejudicar a sua imagem perante os clientes e outros stakeholders.

Para entender como um marketplace ajudará sua área de compras na homologação de fornecedores, usaremos o Nimbi Private como exemplo. Ao aderir à plataforma, são discutidas as políticas do cliente em relação aos fornecedores. Condições de prazo e pagamento, locais de entrega, tipo de frete escolhido são algumas delas. Eles permitem que a desenvolvedora personalize o catálogo com os produtos e parceiros que realmente interessam.

4. A produtividade da equipe de compras poderia ser melhor

Estar atarefado não é sinônimo de produtividade! Falamos isso porque é bom salientar que o rendimento de um comprador não se refere apenas ao tempo trabalhado. Mas sim ao aproveitamento desse tempo. Ou seja, um colaborador que se dedica integralmente às suas funções pode não estar sendo produtivo caso essas horas estejam sendo dispensadas em tarefas banais.

Por isso, a produtividade, junto ao maior Saving conquistado nas negociações, é um dos maiores benefícios de adotar um marketplace. Como mencionamos no início, muitos processos são automatizados ― no Nimbi Private, chega a 70% ―, o que tira da equipe uma grande carga de trabalho. Consequentemente, ela pode investir na resolução de demandas mais importantes, como a aquisição de insumos estratégicos e matérias-primas.

Como você viu, um marketplace para a área de compras vai muito além de um catálogo para escolher seus indiretos! Quer saber mais sobre como uma das ferramentas mais robustas do mercado vai ajudar a potencializar os resultados do seu setor de suprimentos? Confira o artigo “Nimbi Private: conheça os motivos para tê-lo como solução estratégica no seu setor de compras”. Boa leitura!

Compartilhar: 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin