Roteirizador: como ele auxilia na logística e na redução de custos

roteirizador

A otimização do transporte de cargas começa pela roteirização. Quando bem feita, contribui para diminuir a ociosidade dos caminhões, disputar preços atrativos nos fretes e para a agilidade das entregas. Este último ponto, por sinal, tem sido cada vez mais exigido! Com o boom do e-commerce, o frete virou um diferencial importante na hora de escolher com quem comprar. Então, mais do que nunca, é necessário traçar trajetos inteligentes e eficientes para garantir a satisfação do consumidor final.

Grande parte dos embarcadores já conta com algum tipo de roteirizador. Entretanto, esse acaba sendo mais um programa no complexo ecossistema da gestão da logística. Isso porque, normalmente, ele é um software separado e não integrado. Ou seja: outra plataforma para “alimentar” com as informações que já haviam sido disponibilizadas no ERP.

Porém, com a chegada da Logística 4.0, os antigos sistemas TMS ganharam novas funções, entre elas, o roteirizador. Nas opções mais robustas, ele oferece um planejamento detalhado, que já considera certas restrições, como janelas de coleta e entrega, limite de valor por viagem e de entregas por veículos, tabela de frete, entre outros. E, a partir disso, ganha-se muita eficiência no transporte, além de uma importante redução nos custos.

Neste artigo, exploraremos melhor um ponto que, certamente, é importante para qualquer embarcador: a redução de custos. Acompanhe e veja como um bom roteirizador pode ajudar a alcançar a economia e auxiliar em todo o seu processo logístico.

Como um roteirizador ajuda os embarcadores a reduzir custos?

Quem planeja a logística sabe que não é possível definir qualquer rota. É preciso seguir as regras da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) quando o caminhão fizer rotas interestaduais. Portanto, é necessário que o roteirizador já considere as particularidades do trajeto, uma vez que descumprir essas determinações acarreta em multas e outras penalizações. Evitar que isso aconteça já é uma boa forma de proteger os cofres da empresa de gastos inesperados ― e perfeitamente evitáveis. A seguir, veja outros pontos de otimização financeira proporcionados por essa ferramenta.

1. Definição de caminhão e jornada do motorista

Alocar uma carga em um caminhão que não supre as necessidades da mercadoria é um grande desperdício de dinheiro. Com o roteirizador as informações da mercadoria são cruzadas com as características dos caminhões disponíveis no sistema. Dessa forma, o gestor pode destinar as mercadorias para os veículos mais adequados ao transporte.

Porém, o roteirizador também auxilia na definição da jornada do motorista. Isso porque ele consegue gerenciar os horários, incluindo as paradas para descanso. Esse cuidado, mais uma vez, contribui para que sejam evitadas outras sanções.

2. Aumenta a taxa de carga de retorno

Um desafio bastante comum no setor de TCR é os caminhões que saem lotados, com um cronograma bem definido. Mas retornam vazios, o que significa que estão apenas gerando despesas, não lucro. Dá até para considerar que esse veículo está ocioso, visto que a sua capacidade está sendo subaproveitada.

Para solucionar isso, mais uma vez, a tecnologia tem sido a grande aliada dos gestores. O planejamento com o auxílio de roteirizadores de ponta, ajuda a aumentar a produtividade da frota, eliminando a ociosidade e utilizando-a de maneira estratégica.

3. Permite explorar rotas mais eficientes

Roteirizadores básicos até ajudam a suprir pequenas demandas. Mas, definitivamente, não são a melhor opção para quem lida com um grande volume de pedidos e diversos caminhões para gerir. Isso porque rotas que já estão predeterminadas podem ser melhor exploradas com o uso da tecnologia. Além de, claro, tornarem as entregas mais ágeis, novos trajetos têm um grande impacto nos quesitos integridade e segurança da carga, do motorista, e, também, sobre o consumo de combustível e disponibilidade dos caminhões.

Como você viu, um roteirizador pode ser responsável por otimizar muitos dos processos de gestão da logística. Ainda, é capaz de ajudar os embarcadores a reduzirem os custos envolvidos no transporte rodoviário de cargas. Porém, é necessário que, assim como essa ferramenta, todos os outros processos estejam ancorados em tecnologias eficientes.

Agora que você já sabe como um roteirizador reduz seus custos logísticos, leia o artigo Como o NIMBI Transporta pode ajudar na gestão de entregas da sua empresa? Nele, você verá o que um dos TMSs mais completos do mercado oferece para a sua área logística.

 

 

Compartilhar: 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin