Como a tecnologia contribui para aumentar a segurança do transporte de cargas

segurança de transporte de cargas

Quando o assunto é a segurança do transporte de cargas, os números não deixam margem para discussão. Dados divulgados pela Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística) mostram que esse tipo de crime até diminuiu 23% de 2019 para 2020. Mas os resultados do ano anterior não dão margem para que os gestores respirem aliviados. Foram mais de 14 mil abordagens, que resultaram em um prejuízo que chega a R$ 1,2 bilhão, sendo que 80% dos casos estão concentrados nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Com o boom do comércio eletrônico e o relaxamento das medidas restritivas referentes à pandemia iniciada em 2020, a demanda pelo transporte de cargas também cresceu. Para se ter uma ideia, neste ano, o mês de fevereiro registrou um aumento de 1,5% no movimento de caminhões em estradas pedagiadas em relação a janeiro. Quando comparamos o mesmo período com o ano anterior, o aumento foi de 4,4%, de acordo com números da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR). Tanta movimentação, claro, potencializa as chances de roubos e outras ações criminosas nas estradas.

Cabe, então, aos embarcadores buscarem formas de se prevenirem e garantirem a segurança do transporte de cargas. As transportadoras não ficam atrás e, também, têm procurado saídas para essa situação. Felizmente, a tecnologia trazida pela Logística 4.0 estreitou a comunicação entre todos os elos da cadeia. Assim, acompanhar o TAC ficou mais fácil e, ao menor sinal de imprevisto, medidas podem ser tomadas.

Neste artigo, exploraremos um pouco mais os benefícios que a tecnologia oferece quando o assunto é segurança de transporte de cargas. Continue a leitura e conheça os detalhes!

Como a tecnologia pode aumentar a segurança do transporte de cargas?

Antes de mais nada, é bom esclarecer que nenhuma tecnologia pode assegurar que o TAC não sofrerá uma abordagem criminosa na estrada. Infelizmente, evitar isso está fora da alçada das inovações e corrigir esse problema envolve muito mais que ferramentas de automação. Por outro lado, elas oferecem muito mais respaldo ao caminhão e às mercadorias. Dessa forma, milhares ― e, por que não, milhões ― de reais podem ser recuperados, caso o caminhão seja alvo. Veja, abaixo, como as inovações em logística contribuem para a segurança do transporte de cargas.

Roteirizador

Garantir a segurança do transporte de cargas é um trabalho que começa muito antes do embarque. O planejamento da rota, por exemplo, é determinante para evitar expor o motorista a locais ou horários conhecidamente perigosos. Porém, aqui existe um problema que muitos ainda enfrentam ao utilizar sistemas TMS mais antigos. Muitas vezes, essa plataforma não é integrada, o que leva à necessidade de outros “softwares de apoio” para despachar as encomendas.

Entretanto, esses sistemas vêm sendo aperfeiçoados e ganhando funcionalidades que, antes, eram cobradas a parte. A roteirização, por sinal, é um ótimo exemplo de programa extra necessário na gestão da logística. Normalmente, esse é um software separado e não integrado. Ou seja: mais um programa para “alimentar” com as informações que já haviam sido disponibilizadas no ERP. Um TMS robusto já terá essa função no menu, o que elimina a necessidade de mais um sistema para o mapeamento da rota.

Monitoramento

Não realizar o monitoramento da maneira correta pode trazer uma série de prejuízos para o embarcador. Mas, antes de mais nada, é preciso esclarecer que há diferenças entre rastreamento e monitoramento. Entendê-la deixará mais claro por que o segundo é tão importante para a segurança do transporte de cargas.

O rastreamento permite saber da localização de um caminhão em determinado momento. A tecnologia GPS já é uma grande conhecida do setor de transportes e é por meio dela que são obtidas essas informações. Já o monitoramento de cargas é um conceito que abrange muitos outros dados, em tempo real. Como o acompanhamento acontece 24h, o gestor consegue:

  • calcular um novo caminho em caso de necessidade de desvios e determinar como isso impacta no prazo de entrega;
  • colher informações sobre velocidade praticada pelo motorista, freadas bruscas e número de paradas;
  • conferir o trânsito em tempo real, podendo propor alternativas que evitam tráfego intenso;
  • agir rapidamente em caso de imprevistos, como acidentes ou avarias;
  • saber quando a rota está sendo seguida;
  • localizar as cargas em caso de roubo.

Entretanto, para que se tenha acesso a todas essas informações, é necessário que o motorista possua um aplicativo que faça esse monitoramento. Aqui, outro gargalo que as tecnologias mais modernas conseguiram eliminar. Isso porque, antes, o TAC precisava manter o app aberto para que houvesse a captação dos dados. Porém, algumas inovações mais robustas já oferecem a possibilidade de deixá-lo rodando em segunda tela.

Registro de ocorrências

Cada viagem gera uma imensa quantidade de dados. Apenas pelos indicadores de performance coletados pelo monitoramento do caminhão, já deu para ter uma ideia. Mas a tecnologia no transporte de cargas evoluiu e, agora, qualquer imprevisto na estrada é facilmente comunicado a quem é importante: transportador e embarcador. Isso acontece quando o TAC tem à disposição aplicativos completos, onde é possível fazer o registro de ocorrências e, assim, alimentar a base de dados dos parceiros. Com isso em mãos, a tomada de decisão para os próximos embarques se torna muito mais simples e assertiva.

Entretanto, tudo isso também serve para auxiliar na segurança do transporte de cargas. Afinal, com um aplicativo para caminhoneiros que realmente supra as necessidades do motorista, é possível comunicar qualquer imprevisto. Assim, elimina-se um gap que pode ser valioso na hora de recuperar o patrimônio roubado.

Como você pôde ver, a tecnologia tem muito a somar quando o assunto é segurança do transporte de cargas. Mas para que ela possa ser explorada ao máximo, é preciso contar com ferramentas que possibilitem ao gestor uma atuação muito mais estratégica. No artigo Como o NIMBI Transporta pode ajudar na gestão de entregas da sua empresa? você confere como uma das plataformas mais completas do mercado otimiza a sua logística. Boa leitura!

Compartilhar: 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin