Por que fazer a digitalização de processos no mercado B2B?

digitalização de processos

Mensagens em aplicativos de conversas, orçamentos via e-mail e negociações por telefone. Essa frase ainda resume o dia a dia da sua área de compras? Se sim, está na hora de começar a pensar na digitalização de processos. É fato que a tecnologia já está bastante difundida no mercado B2B. Mas, por outro lado, não é raro encontrar quem ainda resista à transformação digital. Acontece que não aderir a esse movimento pode custar muito caro, tanto em termos econômicos quanto no que diz respeito à produtividade.

Pode até ser que sua equipe já conte com o suporte de alguma ferramenta, como o ERP. Entretanto, mesmo que esse sistema tenha evoluído nos últimos anos, ele ainda não é capaz de englobar todas as necessidades dos fluxos de compra. Isso porque, vale lembrar que, mesmo auxiliando no registro das informações, as interfaces ainda são robustas, pouco amigáveis, e possuem pouca interação com fornecedores. Atualmente, o ritmo adotado pelo mercado B2B exige a inserção de tecnologias próprias para e-procurement.

Neste artigo, exploraremos melhor os motivos pelos quais sua empresa precisa investir na digitalização dos processos de compras. Acompanhe!

Entenda por que a digitalização de processos é tão urgente

Talvez, você já tenha se deparado com o termo Compras 4.0. Este é um conceito “emprestado” da indústria, que vem passando pela sua Quarta Revolução, e tem a tecnologia como sua principal característica. O suporte de big data, automações e computação em nuvem digitalizaram os processos, integraram equipes e possibilitaram que os gestores tivessem acesso a dados para apoiar as decisões.

É claro que, inicialmente, essas tecnologias não estavam ao alcance de todos. Elas ainda eram caras e, por isso, acabavam restritas a grandes players. Mas isso já não reflete o mercado B2B de hoje. Em pouco tempo, especialmente, após a interrupção da cadeia de suprimentos ocasionada pela pandemia, houve uma enorme busca por inovações para a digitalização de processos. Afinal, foi nesse momento em que muitos perceberam o entrave que fluxos manuais podem gerar, como na hora de precisar desenvolver novos fornecedores.

A questão dos altos investimentos também mudou muito. Se antes era necessário um grande aporte financeiro, agora, é possível contratar tecnologias em nuvem, com cobranças via mensalidade. Algumas ferramentas de e-procurement, inclusive, operam de forma modular, o que permite ir expandindo o uso conforme as necessidades da equipe.

Ou seja, a digitalização de processos é tão urgente porque as principais barreiras que a separavam da área de compras já foram superadas. Além disso, aderir à transformação digital é uma forma de alçar esse departamento a um patamar muito mais estratégico e garantir negociações muito mais vantajosas.

Porém, existem outros motivos para fazer a digitalização dos seus processos de compras. No tópico abaixo, elencamos os benefícios que as empresas deixam de obter por insistirem em fluxos operacionais e morosos.

Conheça algumas vantagens da digitalização de processos nas compras B2B

Antes de mais nada, precisamos falar de um assunto que interessa a todo gestor de suprimentos: o saving. Na verdade, muitos o consideram o principal benefício da digitalização de processos. Aqueles que aderem aos marketplaces corporativos, que proporcionam a automação de 70% das tarefas, alcançam uma economia de 10% a 15% nessas transações. Dito isso, veja abaixo o que mais a sua área de compras pode estar perdendo.

Centralização das Informações

No início deste artigo, mencionamos alguns dos meios utilizados pelos compradores para dar sequência ao fluxo. Aplicativos de mensagens, e-mails, telefones acabam deixando a comunicação dispersa e, consequentemente, bastante suscetível a erros. Além do mais, a centralização de compras permite um melhor planejamento e, também, mais chances de saving. Como tudo fica registrado em um só lugar, ganha-se na previsibilidade e na demanda maior que pode ser negociada. Porém, é importante lembrar que, quando falamos na digitalização de processos, essa centralização não ocorre em um profissional ou equipe. Mas, sim, em uma plataforma, que reunirá os históricos.

Segurança

A área de compras lida, diariamente, com informações sensíveis. Valores, dados de clientes, de fornecedores, documentos e contratos são apenas alguns exemplos. Nas cloud platforms voltadas à digitalização de processos, os registros são assegurados por meio de um robusto sistema de segurança. Isso ajuda a garantir o compliance em compras, um conceito que vem ganhando cada vez mais espaço no mercado B2B.

A verdade é que deixar a digitalização de processos de lado impede o desenvolvimento do potencial estratégico dessa área. Afinal, enquanto os compradores continuarem sobrecarregados com fluxos manuais e retrabalhos gerados pela perda de informações, fica quase que impossível buscar melhores oportunidades de fornecimento ou, até, de encontrar gargalos que possam estar minando o rendimento do setor.

Aliás, é bastante comum que itens como materiais de escritório ou de limpeza sejam um dos pontos de melhoria detectados a partir da digitalização. No artigo Compras de indiretos: aprenda como um marketplace B2B pode auxiliar nesse processo você conhece uma saída para esse problema. Boa leitura!

Compartilhar: 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin